Informações
Título Trolls
Título Original Trolls
Diretor(es) Mike Mitchell e Walt Dohrn
Elenco Anna Kendrick
Justin Timberlake
Zooey Deschanel
Russell Brand
James Corden
Gwen Stefani
Produtor(es) Gina Shay
Roteirista(s) Jonathan Aibel e Glenn Berger
Estudio DreamWorks Animation
Ano 2016

Há algumas semanas, a Net começou a colocar o banner de Trolls em todos seus canais. Obviamente, minha filha viu a princesa Poppy com todo seu carisma e cores, e me pediu para assistir

Pelo filme ter passado batido quando estava em cartaz, fui assistir com um certo preconceito. Ele me parecia algo como Gnomeu e Julieta ou pior, Smurfs. Enfim, pela minha filha, sacrifiquei meu sábado de manhã e fomos assistir ao desconhecido – para nós – Trolls. O resultado? Minha filhota dançou o filme inteiro.

Entendo que existam animações para diversos públicos. Wall-E tem uma pegada mais madura, mas funciona muito bem com crianças também. Rango foi feita para adultos, minha filha tem medo (dá para entender) dos “bichinhos”. Frozen foi feita para adolescentes, óbvio que, com as proporções que a animação ganhou, alcançou diversas faixas-etárias, e assumo com certa alegria que minha filhota não gosta.

Bom, e Trolls, é para qual público? Na minha visão, é para crianças, com brindes para adultos.

O enredo do filme é bastante simples. Existem os bergs, uma raça completamente infeliz que um dia descobre que, engolindo um troll, é possível sentir toda a felicidade dos bichinhos. E cara, Trolls são tão felizes que contagiam. A partir dessa descoberta, os bergs mantêm os trolls em cativeiro, até que um dia, eles conseguem fugir e montam uma nova comunidade. Infelizmente, alguns são capturados pelos bergs e a princesa Poppy e seu amigo Tronco vão atrás dos capturados para um regaste bastante arriscado – visto que as vítimas são inteligentes como pedras.

A animação é extremamente musical, praticamente, toda sequência tem uma música. O que diferencia muito de animações tão musicais é o fato de ser usado versões de musicas conhecidas. E todas as músicas são encaixadas lindamente, diferentes de algumas animações que as músicas dão até um certo ranço para quem não é o público primário.

Mas, em Trolls a música é tão bem aplicada, que minha filha dança o filme INTEIRO. Dançando desde músicas originais, até Sound of Silence;

O visual dos Trolls parece ser inspirado naquelas bonequinhas duendes que víamos quando pequenos. Mas, com muito mais formatos, cores e brilho.

trolls-bonecas-toystory

Basicamente, esse visual já é responsável por ganhar a criança (e muitos adultos). O filme é visualmente deslumbrante, não como Moana, que é lindo, porém, sua beleza não está na criação de imagens e sim, por nos remeter a lugares reais e incrivelmente belos. Trolls é lindo porque é colorido, seus personagens e cenários são extremamente carismáticos, é uma explosão de imaginação.

Em questões de profundidade, o filme é semelhante a um xícara. Vejam, é um filme infantil. Mesmo que exista alguma mensagem, é apenas um filme infantil. E isso não é negativo. Você verá que mesmo sem uma mensagem profunda, o filme é capaz de divertir e mostrar que a felicidade é para todos (que por sinal, é a mensagem que o filme passa).

TrollsMoviebar4

Trolls foi uma surpresa, que assisti em um sábado de manhã. Logo que terminou a primeira vez, foi dado um segundo play. E agora faz parte dos filmes da casa e das piadas da casa (Soltamos frases soltas do filme em meio de conversas). Se você não assistiu, não sabe o que está perdendo.

Só não digo que a derrota no Oscar foi injusta, pois Zootopia é incrível, em todos os sentidos. Mas, se não fosse ele, acho que Trolls super merecia.

888 Total Views 9 Views Today

Milton Salles

Ai, que delicia, cara...

More Posts

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle Plus

Deixe seu comentário:



Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! À toa na Net - Agregador de Conteúdo
Total