970-whispers

A quebra da aura de inocência que habita em cada criança sempre é um tema estranhamente cativante. Vê-las cometendo atos violentos é assustador e intrigante ao mesmo tempo, e centenas de autores já apostaram nesse plot para criar suas histórias. É sob esse prisma que o canal ABC Family lança The Whispers, série baseada no conto Zero Hour, de Ray Bradbury, e produzida pela Amblin Entertainment, de Steven Spielberg.

A trama principal mostra uma série de crianças de famílias com certa importância nos EUA (filhas de agentes especiais e/ou políticos), cometendo esses tais atos de violência, alegando estar sob influência de um amigo imaginário chamado Drill. A cena de abertura mostra a elaboração de uma armadilha por uma dessas crianças, e a sequência é bem tensa. É bem verdade que, tanto o plot quanto as situações apresentadas, estão longe de ser originais, mas a dinâmica utilizada é muito boa. Inclusive, a inocência das crianças é colocada em xeque em certos pontos, pois é questionada a facilidade de se apegar à imaginação, dado o fato de que elas possuem certos ressentimentos com os pais.

150408-news-whispers

Talvez o principal demérito desse episódio tenha sido deixar pouco a imaginação (curioso pra uma série com amigos imaginários), a maioria dos pequenos mistérios levantados são respondidos em seguida. O trauma do passado da protagonista e o triângulo que se forma entre ela e dois outros personagens ficam evidentes rápido demais. O misterioso desaparecimento do avião e o paradeiro do piloto, também. Aliás, já ficou claro que envolvimentos românticos serão importantes para o desenrolar da trama.

Sobre o mistério principal, os sussurros ouvidos pelas crianças, a tal “entidade” chamada Drill e o misterioso personagem de Milo Ventimiglia, não ficou totalmente claro, mas a partir da viagem feita ao deserto do Saara e a presença daquele estranho “artefato geológico”, Giorgio Tsoukalos começa a gritar na nossa cabeça. O fato de o Pentágono saber mais sobre o ocorrido também evoca os velhos estigmas de Área 51 e caso Roswell. Better call Mulder & Scully.

O elenco infantil é muito bom, e o adulto é razoável, ninguém chega a comprometer, nem encantar. Confesso que precisarei de um pouco mais de tempo para saber se ‘The Whispers’ vale ou não a pena. O piloto tem vários pontos positivos, mas também escorrega em alguns clichês. Vale a investida no piloto, pelo menos. Sem falar que eu sinto falta de ver aliens na TV (se for o caso).

0 Total Views 0 Views Today