Primeiras Impressões: Twelve Monkeys | 12 Macacos – A Série

719

746

A adaptação do cultuado filme de ficção científica 12 Macacos, dirigido por Terry Gilliam e estrelado por Bruce Willis e Brad Pitt, finalmente estreou no canal Sy-Fy, e talvez por minhas expectativas estarem bem próximas de zero tenho que confessar que fui positivamente surpreendido.

 

O episódio piloto não demora a apresentar o mote da série, que trará uma pessoa do ano de 2043 que é enviada de volta no tempo para evitar que uma epidemia terrível aconteça e dizime grande parte da população mundial. Esse enviado é Cole (Aaron Stanford), que tem a missão de encontrar a Dra. Cassandra Railly (Amanda Schull), uma conceituada médica epidemiologista que o ajudará a localizar o suposto responsável por essa praga.

 

A estreia é bastante promissora, a trama se mantém cuidadosa ao lidar com um tema tão complexo como é a viagem no tempo, e estabelece de maneira convincente as regras que pretende seguir. A narrativa usa muito bem os flashforwards que nos transportam de 2013 para o futuro (que o roteiro trata como presente), sem deixar o desenvolvimento confuso, nem repetitivo.

 

Esse primeiro episódio também conseguiu implantar vários mistérios para serem desenvolvidos no decorrer da temporada, alguns acerca do responsável pela propagação da misteriosa doença, outros sobre os responsáveis pela viagem no tempo e mais alguns sobre o próprio viajante. E todos esses despertam naturalmente o interesse do espectador.

12 Monkeys - Pilot

A produção em si é bastante caprichada, detalhes que geralmente chamam negativamente a atenção em produções do canal, como os cenários, a fotografia e outros detalhes técnicos são muito bem realizados. A pirotecnia barata que povoa os outros projetos da emissora também não dá as caras aqui, os poucos efeitos visuais são bons e usados nos momentos e de maneira apropriada.

 

As atuações talvez sejam o grande empecilho da série, não que elas estejam ruins, mas o carisma dos astros do filme fazem falta. Mesmo assim os protagonistas conseguem segurar a onda e demonstram certa química em suas relações.

 

Enfim, pelo jeito a série não vai optar pelo esquema procedural, o que é uma boa escolha, vale dizer que as sequências frenéticas do filme de 1995 não serão vistas aqui, mas mesmo assim a narrativa caminha muito bem encontrando seu próprio ritmo. O piloto remete muito mais as produções sérias do canal, do que as suas maluquices trash e se ela continuar sendo bem trabalhada pode render um show extremamente promissor.

0 Total Views 0 Views Today
  • Areli Pereira

    Eu estou apaixonada pelas séries. Eu amo que os anos passados nós pudemos assistir séries que realmente impressionam, Eu a vi especialmente por causa de Xander Berkeley… Ele é um ótima ator, como no Proud Mary, você viu? Brilhou muito porque foi espetacular, eu amei o desenvolvimento da história, tomou nossa atenção todo o tempo, também toda a equipe como os atores fizeram um excelente trabalho, os efeitos são muito bons. Eu não esperava que gostasse deste jeito, eu fiquei apaixonada que eu preciso assistir novamente, eu achei ao filme em HBO, eles têm uma programação bacana então a gente poderia assistir os filmes que nós gostamos