The 85th Academy Awards® will air live on Oscar® Sunday, February 24, 2013.

Quando se dá uma boa olhada na lista de filmes indicados a principal categoria do Oscar, é fácil perceber que existem características especificas que agradam a academia. Compare os indicados desse ano com o de alguns anos anteriores e essas características ficam ainda mais evidentes. Por isso a mais importante premiação do cinema pode soar tão previsível, se não no que diz respeito ao vencedor, pelo menos no que diz respeito aos indicados. Vamos tentar estabelecer uma conexão entre os indicados ao Oscar de melhor filme das últimas cinco edições da cerimônia, e quem sabe conseguir prever o que teremos na premiação de 2016.

 

A mais abrangente e evidente preferência do Oscar é por cinebiografias, dos oito indicados desse ano, quatro o são. Se consideramos cinebiografias e filmes baseados em fatos como uma categoria só, concluímos que 18 das últimas 45 indicações se enquadram nessa categoria, 40%.

the-theory-of-everything-eddie-redmayne-2-3

Quase que como uma sub-categoria dessa última citada, podemos lembrar dos filmes de superação. Personagens que venceram quaisquer tipo de desafio ou adversidade são muito lembrados, especialmente se após superarem os obstáculos eles ainda realizarem grandes feitos. É o caso de ‘O Jogo da Imitação’ e ‘A Teoria de Tudo’, em que Alan Turing luta contra o preconceito por sua orientação sexual e Stephen Hawking contra sua doença. Outros exemplos recentes são ‘Clube de Compras Dallas’, ’12 Anos de Escravidão’, ‘127 Horas’ e ‘Philomena’.

 

Existe a cota de auto-referência da academia, que vez ou outra dá as caras também, o representante dessa cota em 2015 é ‘Birdman’, que fala do universo da produção artística, passando pelo teatro e pelo cinema. Mesmo que seja criticando ou ironizando, a Academia gosta de se ver nas telas, seja falando de autores, diretores, atores e etc. Essa cota acaba por colocar Birdman como favorito para o Oscar de melhor filme, ainda mais se o padrão for mantido, os últimos dois represantes dessa cota levaram a estatueta mais desejada pra casa, ‘O Artista’ em 2012 e ‘Argo’ em 2013.

AMERICAN SNIPER

‘Argo’ é um caso ainda mais curioso, pois além da categoria acima ele também pode entrar na mais infame de todas, que é quando os votantes demonstram todo o seu patriotismo indicando filmes que exaltam o heroísmo americano, geralmente do exército, mas se expandindo a qualquer ato em defesa do povo americano. Independente se o filme seja feito sob o ponto de vista democrata ou republicano, se tem um soldado e uma bandeira dos EUA tremulando ao fundo, provavelmente estará entre os indicados. ‘Capitão Phillips’, ‘A Hora mais Escura’ e em 2015, ‘Sniper Americano’ representam essa cota.

 

Em contrapartida a exaltação militar yankee, temos os filmes que relembram as atrocidades que já foram cometidas em solo americano, um lembrete de um passado nada glorioso. Os filmes que tratam de racismo, escravidão e preconceitos raciais em qualquer época ganham certo destaque na premiação. ‘Histórias Cruzadas’, ‘Django Livre (á sua maneira), ’12 Anos de Escravidão’ e atualmente ‘Selma’, trazem á tona essa modalidade.

Film Review Selma

Sendo um pouco mais subjetivo, há o espaço designado aos filmes mais ‘pops’. Aqueles que fogem um pouco á regra de que a Academia só olha para os filmes de arte. Geralmente são os filmes que, dentre os indicados, fazem mais sucesso entre o público geral, que não é tão ligado ao cinema. Como disse, esse é um aspecto mais subjetivo, mas acho que nele podemos enquadrar ‘A Origem’, ‘A Invenção de Hugo Cabret’, ‘Django Livre’, ‘Trapaça’ e em 2015, ‘Whiplash’.

 

Outro ponto que povoa as indicações é o nível de realização cinematográfica, como a dificuldade e o esforço do diretor e da equipe para fazer o seu filme. ‘Boyhood’ vem acompanhado dos doze anos de dedicação de Richard Linklater, ‘Birdman’ do magistral trabalho de criação de um plano sequência infinito, nos anos anteriores tivemos a inovação e o espetacular trabalho visual de ‘Gravidade’ e ‘As Aventuras de Pi’, e da arriscada escolha de entregar um filme mudo e em preto e branco, feita em ‘O Artista’.

Birdman

Existem outras características que fisgam a academia, mas essas foram as que se destacaram nas indicações de 2015. A entrega dos prêmios acontece na noite deste domingo, eu não sou lá muito bom de palpites mas vou deixar os meus por aqui: Melhor filme vai pra ‘Birdman’, melhor diretor fica com Richard Linklater, na categoria de ator o prêmio fica com Eddie Redmayne e na de atriz é Julianne Moore é quem leva pelo conjunto da obra.

 

Eu ia escrever um post com as preferências para o Oscar de melhor ator/atriz, mas vou deixar esse para o ano que vem. Será que escapou algum outro padrão repetido em 2015?

0 Total Views 0 Views Today