Untitled 1

Não só de filmes e séries de TV vivem as adaptações de histórias em quadrinhos, existe outro mercado que também já é povoado por elas há muito tempo, trata-se dos desenhos animados. Esse formato que talvez seja o que mais se aproxime das hqs, já teve excelentes representantes, que por muitos anos ganharam fama e fãs pelo mundo todo. Vamos lembrar dos principais desenhos animados baseados em histórias em quadrinhos que já foram produzidos.

 

DuckTales

duck-tales

“DuckTales, uh uh, são os caçadores de aventuras, uh uh …”

Além de ser uma das melhores músicas de abertura da infância de grande parte das pessoas com menos de 30 anos, DuckTales também carrega a alcunha de série animada mais famosa já produzida pela Disney, isso por ter sido a que mais teve episódios, 100 divididos entre quatro temporadas exibidas originalmente entre 1987 e 1990. A série foi diretamente baseada nas histórias do Tio Patinhas, do cartunista Carl Barks, que alcançou a posição de protagonista de suas próprias aventuras em meados dos anos 50.

A série que acompanha as aventuras do Tio Patinhas e de seus sobrinhos-netos Huguinho, Zezinho e Luizinho, com ocasionais participações de Pato Donald e de outros personagens Disney, é até hoje uma das mais populares e aclamadas da história e é claro que não poderia ficar de fora dessa lista.

 

Batman – Os Bravos e Destemidos

batman-os-bravos-e-destemidos

 

Uma das mais recentes séries animadas do Homem Morcego, que abandona um pouco a seriedade e a pegada sombria de suas últimas adaptações, para abraçar um lado mais cômico e cartunesco, remetendo as décadas de 50 e 60 dos quadrinhos, além da série do Batman estrelada por Adam West. O show se baseia no título de mesmo nome da DC Comics, inicialmente publicada entre 1955 e 1983. O foco dessas histórias era testar novos conceitos e personagens, além de promover união e formações de equipes e duplas entre eles. Diferente do desenho animado, não havia um personagem fixo como protagonista.

A série que também se tornou um grande sucesso foi transmitida originalmente entre novembro de 2008 e janeiro de 2011, contando com 65 episódios distribuídos entre 3 temporadas.

 

Tartarugas Ninja (1987)

as-tartarugas-ninja

Talvez a adaptação mais icônica dessa lista, Tartarugas Ninja estreou em 1987 e foi um sucesso estrondoso no mundo inteiro. Um sucesso inesperado diga-se de passagem, a intenção da criação da série era apenas limpar um pouco a imagem dos personagens criados por Kevin Eastman e Peter Laird, já que o estilo violento das hq’s não contribuiriam em nada para a venda dos bonecos fabricados pela Playmate Toys.

A ideia se provou bem melhor do que o esperado e a série foi um sucesso, mesmo sendo totalmente diferente da obra original, e acabou sendo considerada por muitos a versão definitiva das Tartarugas. A série durou 10 temporadas (1987-1996) e teve 194 episódios.

 

Superman – A série Animada

superman-a-serie-animada

Mais uma mostra de que a Warner escorrega nas adaptações em live action, mas domina totalmente o ramo de animações. Superman – A série Animada não se baseia em nenhum arco especifico da história do escoteiro, mas aborda passagens e personagens presentes em todo o cânone do herói. O show nasceu pelas mãos de Bruce Timm, e é tido como um dos spin-offs de Batman – A Série Animada. O desenho foi transmitido entre 1996 e 2000, com 54 episódios e 4 temporadas.

 

Batman – A série Animada

batman-a-serie-animada

A série que inaugurou oficialmente o tal DC Animated Universe, e que também foi desenvolvida por Bruce Timm. Aclamada pelo público e premiada com 4 prêmios Emmy, Batman – A série Animada pode figurar facilmente entre os melhores momentos da extensa carreira do Cavaleiro das Trevas.

O show foi parcialmente inspirado nas hq’s de Frank Miller e nos filmes de Tim Burton, e o traço utilizado serviu como inspiração para as animações subsequentes da Warner. A exibição ocorreu entre 1992 e 1995, em 3 temporadas, totalizando 85 episódios.

 

X-Men – A série animada

x-men-a-serie-animada

Outro sucesso dos anos 90. A série estrelada pela trupe do Prof. Xavier teve importância não só na infância de muita gente, mas também na indústria dos quadrinhos e na popularização dos Filhos do Átomo. Isso por que ela foi responsável por apresentá-los a milhares de novos leitores no mundo todo. Por incrível que pareça, os X-Men não tiveram vida fácil nas hq’s, eles tiveram que suar muito pra entrar no rol de grandes personagens, logo, a popularidade do show despertou interesse em muitos não leitores, e em um cenário mais abrangente, dá pra dizer que eles influenciaram no fato de o primeiro grande filme de heróis Marvel ser estrelado pelos mutantes.

O desenho também ajudou a eternizar uma das formações mais conhecidas do grupo, com Ciclope, Wolverine, Tempestade, Professor Xavier, Gambit, Vampira, Fera,Jubileu e Jean Grey. A sua exibição original ocorreu entre outubro de 1992 e setembro de 1997, contando com 5 temporadas e 76 episódios.

 

Homem Aranha – A Série Animada

homem-aranha-a-serie-animada

O cabeça de teia é um dos personagens de hq que mais tiveram séries animadas, no total foram 8. Mas sem dúvida, a mais importante foi a que estreou em 1994 e foi até 1998. Com um estilo de animação semelhante ao dos X-Men, a série animada do cabeça de teia foi excelente para consolidar a Marvel no mercado das animações nos anos 90. Trazendo Stan Lee como produtor executivo e consultor, tivemos uma boa dose de fidelidade com os cânones do aracnídeo, além de participações de seus mais icônicos vilões, como Duende Verde, Dr. Octopus, Lagarto, entre outros. sem contar as aparições especiais do Capitão América, Justiceiro, Blade e dos próprios X-Men.

A atração durou 4 temporadas e teve 65 episódios.

 

Batman do Futuro

batman-do-futuro

Sim, Batman do Futuro, mais uma série feita sob a baqueta de Bruce Timm, o Deus do Universo animado DC. O show que acompanhava Terry McGinnis, um jovem vingativo que assume a alcunha de Batman, após Bruce Wayne pendurar a capa, serviu como “preparação” para a série da Liga da Justiça que viria a seguir. Batman do Futuro foi, até aquela época, inédito, não se baseou em nenhuma hq existente e criou do zero suas próprias histórias. O show durou de 1999 até 2001, com 3 temporadas e 51 episódios, além de um longa animado chamado de Batman do Futuro: O Retorno do Coringa, que também figura entre as melhores animações do Batman até hoje.

 

Liga da Justiça / Liga da Justiça Sem Limites

justice-league

Se por acaso o iminente filme da Liga da Justiça nos decepcionar, ainda poderemos nos contentar com [fanboy on] o melhor desenho animado baseado em hq’s de todos os tempos [fanboy off]. E uma das melhores encarnações da Liga da Justiça já vistas, que conseguiu equilibrar o grupo de maneira que qualquer um dos integrantes não pudesse resolver qualquer problema sozinho. Aqui tivemos um Superman líder, mas não sendo o Sr. Fodão; tivemos um Batman sisudo e misterioso, com inteligência para resolver grandes problemas, mas sem deixar seus amigos parecendo uns bocós; um Caçador de Marte que surgiu quase como um mediador, sereno e equilibrado; e Flash, que virou o alivio cômico da turma. Além de Mulher Gavião, Mulher Maravilha e Lanterna Verde.

Até o final da segunda temporada, o show comandado por Bruce Timm (de novo ele) foi chamado de Liga da Justiça, a partir do terceiro ano é que virou Liga da Justiça Sem Limites, quando começaram a aparecer vários personagens secundários do Universo DC, como Aço, Arqueiro Verde, Aquaman, Capitão Átomo, Etrigan, Caçadora, Canário Negro, Zattana, Senhor Incrível, entre outras dezenas de personagens.

A galeria de vilões da série também foi bem extensa, contando com Lex Luthor, Apocalipse, Brainiac, Bane, Mestre dos Espelhos, Gorilla Grodd, Sinestro, Bizarro, Darkseid, Mongul, Capitão Frio, Metallo, Arlequina, Coringa, entre outro punhado de vilões. Somando as duas fases, o show teve 5 temporadas e 91 episódios, sendo indicada a dois prêmios Emmy no período.

Bom, é isso, vale ressaltar que essa é uma lista extremamente pessoal, por isso você pode sentir falta de um ou outro desenho animado que você goste, mas não se avexe, além de dizer se você concorda ou não com as escolhas do post, pode deixar a sua própria lista aí nos comentários para que possamos debater.

0 Total Views 0 Views Today