Crítica: Ragnarok | Sessão da Tarde made in Noruega

719

746

A mitologia nórdica é pouquíssimo aproveitada em Hollywood, é muito raro uma produção abordar esse rico campo de histórias por lá. Logo, cabe aos próprios países escandinavos produzir obras que referenciem esse rico conjunto de lendas, como faz o filme norueguês Ragnarok.

 

Sigourd Svendsen é um arqueólogo que há anos dedica sua vida ao estudo de um navio viking, que traz códigos e runas que podem desvendar os mistérios acerca da “extinção” dos povos vikings. Quando um amigo lhe traz uma pedra com runas parecidas, eles acham que podem desvendar o mistério do Ragnarok e partem em uma expedição rumo a um local chamado “Olho de Odin”, para conseguir provar suas teorias.

 

O primeiro ato, apesar de um pouco lento, é bastante promissor em construir o senso de mistério, com pesquisas e dúvidas que remetem a ótimos filmes de aventura já produzidos. Infelizmente já vemos aí o tipo de decisão que permeará todo o desenvolvimento da trama, a insistência em usar clichês desde as primeiras cenas nos dá a dimensão do problema e tornam a desfecho altamente previsível logo de cara.

3gK2jZFvBIotazowV5sKXmVOumK

Mas se o roteiro é um problema em Ragnarok, a produção está de parabéns. As paisagens de lagos e florestas escandinavas é linda e muito bem fotografada. O desconhecido elenco é competente, mesmo com a unidimensionalidade dos personagens. Os efeitos visuais são bem realizados, principalmente se for levado em conta o tamanho da produção. A música também é ótima, ela emula perfeitamente os tons aventurescos de grandes obras do passado, como Jurassic Park e Indiana Jones.

 

Infelizmente o plot altamente promissor se perde em meio a escolhas erradas e um desenvolvimento incrivelmente previsível. Essas escolhas do diretor Mikkel Brænne Sandemose transformam o que poderia ser um marco, tanto dessa mitologia quanto desse gênero, em uma aventura genérica que depende de circunstâncias muito especificas para ser aproveitada. Se você gostou de filmes como A Lenda do Tesouro Perdido e Viagem ao Centro da Terra, talvez seja uma boa pedida.

 

Nota: 5,5

0 Total Views 0 Views Today