Relações humanas são particularmente provocativas. Relações entre duas mentes astutas e poderosas, que se desafiam ao tentar se decifrar, são simplesmente extasiantes.

O Final da Turnê é o novo filme de James Ponsoldt, diretor de The Spectacular Now, que adapta o livro Although Of Course You End Up Becoming Yourself: A Road Trip with David Foster Wallace, escrito pelo jornalista David Lipsky, protagonista do longa, que acompanhou um dos mais aclamados escritores americanos da década de 90 durante a turnê de lançamento de sua maior obra, Infine Jest (A Piada Infinita, em português). Essencialmente é isso que o filme mostra, o jovem David Lipsky (Jesse Eisenberg), repórter da Rolling Stones, em uma road trip com o complexo autor de um dos principais best sellers da época.

end-of-the-tour

Sem se dedicar a esclarecer as dimensões do lançamento daquele livro, nem em expor e analisar a controversa figura do autor, o foco desse filme é apresentar uma relação que começa como uma dinâmica simples de entrevistador e entrevistado, e acaba chegando a uma curiosa amostra de desconstrução de mitos e autoconhecimento, aproximando as figuras, tornando as humanas. O roteiro tem uma atmosfera reveladora sobre traços mais íntimos da personalidade de um ícone, seus medos, suas dúvidas e convicções, a insegurança frente a impressão que passa para o mundo. O filme fala também sobre a projeção de uma imagem em outrem, e da subversão dessa imagem. Mostra o desafio que é para Lipsky, conciliar sua função profissional de jornalista com o lado pessoal, que mistura uma certa devoção com inveja para com o entrevistado. Como é entender que o gênio é um homem comum, com fragilidades? Como apender que essa humanidade e vulnerabilidade torna a figura ainda mais inspiradora e cativante? É o que Lipsky descobre nos cinco dias de viagem com Wallace.

Toda essas camadas estão entranhadas no roteiro, cujos diálogos bem construídos são entregues por uma dupla de atores muito entrosada. Uma dupla inesperada, é verdade, Jesse Eisenberg está funcional no papel de David Lipsky, mas Jason Segel dá um show na pele de David, no que sem a menor sombra de dúvida, é a melhor atuação de sua carreira, majoritariamente dedicada aos papeis cômicos. A direção de Ponsoldt é discreta, mas eficiente. O destaque fica com a belíssima fotografia com ares de filme europeu.

Enfim, O Final da Turnê é um filme valioso sobre uma figura complexa e provocativa. Focado essencialmente em diálogos, pode incomodar aqueles que não estão habituados a uma narrativa mais cadenciada. Uma obra que não é para todos os gostos, mas que vai agradar aqueles que estiverem interessados em um bom estudo de personagem, conhecendo ou não a figura que o inspirou.

Nota: 8,5

 

0 Total Views 0 Views Today

Vinicius Salazar

Co-criador e palpiteiro do TaxiCafe. Editor do Podcast Chutão.

More Posts

Follow Me:
TwitterFacebook


Faça parte

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! À toa na Net - Agregador de Conteúdo
Total