banner

Matryoshka é um jogo que, quando anunciado pelo Sérgio Halaban, seu criador, já estava certo que compraríamos. Minha senhora possui um queda por matryoshkas desde sempre.

Sendo assim, o jogo ia ser importado, caso não fosse lançado em terras tupiniquins. Para nossa alegria, a Funbox Jogos, empresa bastante citada no Táxi Café, nos agraciou e começou a comercializar por um valor bem maneiro, algo em torno de 50 pilas.

O jogo traz colecionadores em busca da melhor coleção dessas bonequinhas maternais. Isso é feito através de negociações e trocas, no final, existirá apenas um vencedor.

Como Jogar Matryoshka?

Os jogadores recebem uma quantidade de cartas, que simboliza sua coleção atual. Em seu turno, o jogador comprará duas novas cartas e então, todos os jogadores colocarão para exibição algumas outras matryoshkas – a quantidade é definida pelo número de jogadores, essas servem para mostrar quais bonecas despertam o interesse dos colecionadores.

Após isso, o jogador inicial oferece uma no mercado, todos outros jogadores fazem suas ofertas com as cartas viradas para baixo. A boneca que mais agradar o jogador inicial vai para sua mão, a boneca do mercado vai para quem ofereceu a outra boneca, e as recusadas voltam para os donos.

Feito isso, todos jogadores exibem novas bonecas, e o papel de jogador inicial passa para o próximo, assim até acabarem as bonecas.

Componentes do jogo

componentes

O jogo é bastante simples, com uma caixa muito boa, bastante firme e sem sombras de cola.

As cartas são OK, se faz necessário o uso de sleeves, e isso não é um problema, visto que a caixa comporta bem legal.

Vejam, o jogo custou somente 40 reais, por isso, acho o custo benefício excelente.

As Artes de Matryoshka

todas-bonecas

No meu ponto vista, o maior destaque do jogo fica nesse tópico.

As ilustrações são lindíssimas, todas as matryoskas podiam ser usadas para fazer tattoos. Elas são lindas, coloridas e fodas!

A jogatina

O jogo é de 3 a 5 jogadores, isso deixa a mesa bastante animada. Além do clima, o jogo merece destaque por sua curva de aprendizado.

As primeiras partidas, basicamente você tentará ter a melhor coleção, depois você aprende que a coleção do amiguinho não pode ficar tão grande… Além de que é melhor coleções maiores do que variadas.

Se quiser ver uma jogatina (e explicação de regras) assistam o vídeo publicado pelo Covil dos Jogos:

É um jogo que engana. Parece ser bastante simples, mas no fundo agradará todos os públicos (que gostam de jogos com troca/negociação).

Por 50 pilas, você leva cartas de qualidade, caixa excelente, artes maravilhosas e um excelente carteado. Tenho certeza que serão 50 pilas muito bem gastas!

0 Total Views 0 Views Today