Desde quando conheci o amor da minha vida, tento introduzir a Sra. Gi no fantástico mundo dos animes. Mas, sempre tenho problemas em achar animes para quem não gosta de animes!

Minha esposa, com seu humor desprezível, sente vontade de ir para a anime friends por causa dos Cosplay e, principalmente, Cospobres. Enquanto eu, para ser sincero, sinto mais vontade de ir para ver os board games que geralmente são expostos. Sendo assim, nunca fomos.

E como não se pode acelerar o caminho para esse mundo cheio de obstáculos, geralmente assisto alguns episódios, vejo se o anime cumpre a missão, para depois propor a maratona. Como disse, foram pouquíssimos acertos, mas vale compartilhar a informação.

Também vale comentar que não sou o cara que acompanha os lançamentos da temporada, geralmente assisto coisas a partir de indicação, seja de amigos, Netflix ou Crunch Roll. E a maioria aqui, foi desta forma que conheci, por sorte.

The Seven Deadly Sins

seven-sins

Conheci The Seven Deadly Sins por indicação da nossa queridona Netflix. O anime foi produzido pela Netflix e lançado sem muito buzz (no meio social).

Assisti aos primeiros episódios e pensei que não daria para indicar para a Sra. Gi, afinal, as personagens femininas são hipersexualizadas e os caras são super porradeiros e falastrões. Mas, após alguns episódios daquele cálice, mudei de ideia.

O anime continua hipersexualizado e falastrão, mas é tanto, que se torna frenético. Não existe enrolação para nada (nem mesmo nas porradas), além do nível de poder ser tão absurdo que o Goku se acovardaria (mentira).

Por isso, digo que raramente o anime perderá sua atenção. É totalmente possível assistir com sono ao lado de qualquer pessoa. Assumo falar, pode até acostumar mal as pessoas que não têm paciência.

Death Note

death-note

Aaaah, o pai!
Esse foi o primeiro acerto, e talvez, mais certo acerto.

Death note por si só é incrível. Logo no primeiro episódio, a misantropia do Kira cativa os fãs com mal humor crônico, e quando o L aparece, não tem mais volta. Todo mundo apaixonado!

Death note é extremamente cativante, temos um duelo direto entre o protagonista e antagonista, sendo que o lado justiceiro desperta o pior de você, visto que é errado você torcer para ele, mas poxa, ele salva pessoas!

Death Note agora ganhará uma (nova) versão cinematográfica com William Defoe como o Shinigami e isso me deixou pasmo, afinal, nem em minhas brincadeiras eu escolheria alguém melhor.

Monster

monster

Monster foi indicação de um amigo, quando pedi algo mais sério. Ele possui traços bem ocidentais com cores mais frias.

A história é perfeita para filme ou série, afinal, conta a trajetória de um médico cirurgião que comprou briga com o hospital para salvar uma criança que chegou antes de um político importante. Ao fazer essa escolha, ele fode com sua vida profissional, e consequentemente, pessoal… Mas como desgraça pouca é bobagem, essa criança cresce e vira um psicopata fodão que se sente em dívida com o médico, e sai matando suas inimizades. Fazendo o médico ser o principal suspeito de ser o psicopata… Essa sinopse não é do caralho?

Hellsing

hellsing-3

 

Antes de Crepúsculo, todos amavam vampiros. Eles eram sanguinários e ruins, mesmo quando trabalham para alguma agência governamental.

Em Hellsing, nos são apresentado uns casos isolados de atividades paranormal, onde uma agência secreta britânica chamada Hellsing é a responsável por resolver e evitar que pessoas comuns fiquem sabendo. Quando o caso é muito pesado, eles mandam o fucking Alucard sanguinolento para fazer a bagunça.

Então, temos cenas virtuosas com muito sangue, além de um traço extremamente uniforme, e quando se trata do Alucard, pode chamar de artístico.

Baccano

baccano

Eu adoro coisas sobre alquimia, desde livros, Board Game ou o que quer que seja (menos os “wicca” alquimista de internet).

Sendo assim, em certo momento, conheci Baccano, desde cara gostei por ter boa música e com clima de 1930 em Nova York.

Nele temos família de mafiosos, ladrões de Galinha (os únicos escandalosos), alquimistas e sangue… Quanto sangue!

A história não é linear, começando em 1700 e pouco, depois passando para 1930 e mais alguns flashs e saltos para lugares diferentes, mas a melhor parte da história acontece dentro de um trem, que dará muito mais sentido a frase do Coringa LetoEu não vou te matar // mas te machucar muito“.

A lenda de Korra

korra

A Lenda de Korra é continuação do Avatar, o último dobrador de vento. Mas, como as histórias independem uma da outra, prefiro a história de Korra.

A história é simples, após Aang trazer de volta o equilíbrio para o mundo, uma nova Avatar surge e precisa de treinamento, além dos perigos que enfrentará como fanáticos religiosos, políticos loucos e psicopatas overpower.

Além de todas a história de Korra, temos o prazer de conhecer a história de Wan, o primeiro Avatar, e galera, mas que história foda!

O anime por diversos motivos é bom, corajoso, e não só considero um ótimo anime de apresentação, mas como um ótimo anime para todas as pessoas.


E você, o que achou da nossa lista? Quais vocês acrescentariam? Aceito dicas, preciso converter a Sra. Gi.

0 Total Views 0 Views Today

Milton Salles

Ai, que delicia, cara...

More Posts

Follow Me:
TwitterFacebookGoogle Plus

Deixe seu comentário:

  • Rogerio Rodrigues

    Só uma coisa, The Seven Deadly Sins não foi produzido pelo Netflix. Desses animes que citou, com exceção do The Seven Deadly Sins que é excelente, todos os outros são ruins na minha opinião. Não sei o seu gosto, mas tomando como base The Seven Deadly Sins (o único nessa lista que gostei), eu recomendo:

    – Btooom!
    – Gate: Jieitai Kanochi nite, Kaku Tatakaeri
    – Kiseijuu: Sei no Kakuritsu
    – Shingeki no Kyojin
    – Sword Art Online
    – Uchuu Senkan Yamato 2199

    • miltonsalles

      Rodrigo, assumo que dessa lista o meu preferido é o Monster. Porém, atualmente estou assistindo o Re:Zero e estou achando MUITO bom!

      Vou procurar esses que você indicou no Crunchyroll, é sempre bom animes novos!

      Cara, mesmo nossos gosto não batendo, agradeço MUITO o comentário e as indicações!

  • Pingback: Top 4 | Melhores animes na Netflix - TaxiCafé()

  • Jocelyn Waller

    a lenda de korra não é anime


Faça parte

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui! À toa na Net - Agregador de Conteúdo
Total